-

"Quando você é criança você é tão ingênuo a ponto de achar que ser adulto é uma coisa legal. " (PC Siqueira)

terça-feira, 29 de maio de 2012

' Quero meu melhor amigo de volta!


Sim, estou com ciumes, e dai? E estou assim desde o dia que passei a ser realmente a segunda opção.
Desde quando nossas conversas e nosso tempo juntos passaram a não ter a mesma importância de antes? Desde quando cinco minutinhos são o suficiente pra ouvir e contar tudo o que temos pra dizer? Ah, me poupe.
Não conheço a tal menina, mas  já não gosto dela. Falando sério, a fulana está me deixando estressada! Está roubando tudo sobre você, não me deixando nada.
 É claro que eu sabia que isso iria acontecer, que um dia você ia se acertar e ia deixar de brincar com corações alheios e se dedicaria exclusivamente a uma única pessoa, e eu teria que me conformar, mas não ta sendo fácil ser deixada de lado. Não mesmo.
Vão dizer que estou sendo egoísta, irracional e blá blá blá, mas eu não quero saber!
Apaixonado ou não, namorando ou não, pra mim tanto faz, pouco me importa desde que continue sendo meu melhor amigo, meu irmão de alma e de coração, meu bebezinho... Do mesmo jeito.
Por favor, não mude. Pelo menos, não comigo.


sábado, 26 de maio de 2012

' De tudo aquilo que eu disse acho que já não sinto mais nada bom.


Independente de onde estou tenho que me manter ocupada sempre pra não lembrar das coisas que aconteceram, coisas essas que me fazem sentir muito estúpida.
Aconteceu tudo em um curto espaço de tempo. Sem obstáculos, sem dificuldades, porque era algo que eu queria muito e achei que duraria, que iria pra frente se transformaria em algo real.
Esse foi o meu erro, acreditar em alguém que eu mal conhecia.
Fui fraca e leviana ao ser tão fácil. E toda vez que lembro não posso me conter e começo a ficar completamente frustrada.
Mas isso, de algum modo, foi bom e não me arrependo. Talvez tenha sido uma lição. E aprender é sempre bom.
Daqui um tempo, ele vai vir com "boas intenções" novamente, como sempre acontece e eu vou ser capaz de rir e esnobar. Por enquanto não tenho essa capacidade, mas tenho esperanças que um dia essas lembranças possam vir com facilidade e sem arrependimentos.
E pra que isso aconteça, preciso ficar na minha. Bem longe de qualquer contato com ele.


quinta-feira, 24 de maio de 2012

' Pessoas, atitudes, sentimentos. Tudo muda.


As coisas começam a ficar realmente muito ruins quando até seus amigos, diante dos seus olhos, passam a ser irritantes.
Os gostos não combinam mais, o papo não flui naturalmente, não há compartilhamento de segredos, sentimentos e experiências, e a relação em um todo passa a ser totalmente forçada.

Atitudes idiotas, comentários ridículos, conversinhas e piadinhas insuportavelmente bobas e sem graça é o que sai da boca de gente que eu contava os minutos para estar perto.
O problema é que eu sinceramente não sei se o problema é comigo e com minha falta de paciência ou se isso não é só paranoia e as pessoas que eu conhecia tão bem realmente não combinam mais comigo.




quarta-feira, 23 de maio de 2012

' você!


- Você é muito folgada!
- Não sou!
- Não, não, você só deseja tudo do seu jeito, a sua maneira, da sua preferencia e no seu momento.
- Ah, não é bem assim.
- Então, me conte como é Aline.
- Ah, é que... Que...
- Você é muito mimada!
(...) silêncio.
- É isso você não nega, alias eu sou o primeiro a te mimar.
- Isso é verdade rs.
- Mas eu te amo mesmo assim, viu?
- É, eu sei. 



terça-feira, 22 de maio de 2012

' Sozinha no meio de tanta gente.


Você só percebe que está extremamente carente quando começa a enxergar em cada rosto novo um possível namorado.
Mas depois de uma ou duas olhadas desencana, porque sabe que não vai dar certo.
Sabe que aquelas pessoas não tem nada a ver com você.
Na verdade, cai na real e percebe que nem os conhece. Mas mesmo assim fica fantasiando. E esse é o problema de ficar pensando no que seria e no que poderia ser.
Você tem plena consciência de que não quer qualquer um. Você quer o cara perfeito, aquele que te complete. Aquele amor que se vê nos filmes ou em namoros alheios.
Depois de um tempo só esperando e observando, começa a pensar que nunca vai encontrar alguém que valha realmente a pena, que você é a única garota azarada do planeta que não tem seu príncipe, sua cara metade.
As coisas começam a ficar tristes e as esperanças começam a sumir.
E mesmo no meio de tanta gente, você se sente sozinha, triste e deslocada, esperando por um milagre que irá trazer alguém a quem você possa chamar de "meu".

segunda-feira, 21 de maio de 2012

' Please always stay,


Eu sinto sua falta todos os dias, sonho com você todas as noites, te quero por perto a todo instante, necessito do seu abraço a todo  momento, lembro-me do seu carinho a cada piscar de olhos, lembro do seu sorriso a cada sorriso que dou... Tornei-me mais paciente, mais carinhosa, mais confiante, mais persistente, mais feliz.
Não por você, mas com a sua ajuda. Por você, com você, por nós, todos os dias da minha vida!


Se um dia eu chegar ao ponto de acreditar que nada está bem, que o amor não é mais o mesmo, que a dificuldade venceu, vou me lembrar de todas as razões que você me deu para te amar, de todas as razões por sermos NÓS e não você e eu.



domingo, 20 de maio de 2012

' Me pergunto sempre: Por que eu?


  Pra que confusão e disputas idiotas sobre "quem vai me ter"? Sou algum tipo de produto, por acaso?
Sou bonita? Ok, pode ate ser, mas beleza é uma coisa tão relativa, e a minha é a coisa mais simples e sem graça que pode existir na face da terra.
Maquiagem? No máximo rímel e hidratante labial. Pó ou clareia demais ou me escurece, blush me aborrece, não gosto de sombra, batom me deixa exageradamente chamativa. Me sinto pesada, estranha, exagerada. A teoria de que "maquiagem opera milagres" não funciona em mim. De jeito nenhum.
Cabelo? Liso, escorrido. Sem movimento, sem volume, corte não aparece, grampo não fica, não enrola, gel pomada e laquê não dão conta. Em casa, na escola, na rua, no trabalho, na festa: sempre do mesmo jeito. Nunca muda.
Grossa, arrogante, convencida, auto suficiente, avarenta, irônica, mesquinha e hipócrita. Algo disso é atraente? Creio que não. 
Então, por favor, parem. Não vale tanto a pena assim.


sexta-feira, 18 de maio de 2012

' Sonhos, sonhos, sonhos.


Eu queria estar em Londres, por causa do clima e das roupas lindas.
Na Coréia do Sul por causa dos garotos e da comida.
No Canadá por causa da neve, do ensino médio e da língua.
Em Paris, por causa do romantismo, sotaque fofo e cappuccinos.
Queria ter, na verdade, o poder de me teletransportar, de poder ir de lugar em lugar quando as coisas ficassem difíceis, ou chatas.
Imagino como seria bom, realizar todas minhas fantasias em lugares com os quais eu sonho toda noite.
Não consegui decidir de qual deles eu gosto mais, talvez o misto dos quatro. Seria um ótimo escape para quando quisesse esquecer um pouco dos problemas, ir a algum lugar para pensar, por as ideias no lugar ou apenas me divertir.
Pessoas novas, sem rotina, sem chatice. Um mundo novo a cada piscada. Isso sim seria vida.
Mas nada nunca é do jeito que a gente quer, então só nos resta sonhar e ver coisas boas mesmo que não tenham. Alimentar sonhos, e amar o lugar que estejamos, não importa qual seja. Um dia os sonhos chegam, a vida sorri e tudo dá certo.


quinta-feira, 17 de maio de 2012

' Liars.



De que vale um sorriso, falso? Uma história contada, que não foi vivida? Lágrimas, sem motivo? Um eu te amo, sem sentir? Um abraço, sem carinho? Uma vida, sem felicidade? Para que tantas falsas verdades? Para que tanta ilusão? Me diga, qual a razão?




quarta-feira, 16 de maio de 2012

terça-feira, 15 de maio de 2012

' eu enfrento o mundo com uma mão, se você estiver segurando a outra.


‘ Ei, parabéns, não, não confundi seu aniversário ou algo relacionado.
Parabéns, por me aturar todos os dias, por escutar minhas asneiras, por entender minha dor, por esquecer minhas grosserias, por consolar meus choros, por conseguir me amar.
Já  não te agradeço mais, pois não vejo necessidade em repetir o que você sabe de cor e muito menos o que demonstro todos os dias.
Ah, parabéns também pela sua força, pela sua coragem, pela sua luta, pela sua fé e principalmente pelo seu sorriso.
Te amo, imbecil, retardada, lesada, gorda, otária, burra e preguiçosa.




segunda-feira, 14 de maio de 2012

' E não adianta nem me procurar em outros timbres, outros risos...


Trair é para os fracos, e mesmo assim eu não aceitaria o titulo de "outra" nem pelo cara mais lindo e perfeito do mundo. Se ele namora e as coisas não estão bem com a namorada pode fazer de tudo, menos por a culpa em mim! E é exatamente o que ele está fazendo. Me rotula de distração e ponto fraco. Logo eu que nem o vejo direito e mesmo assim quando acontece, procuro evitar até uma troca de olhares.
O que tivemos no passado ficou lá, bem guardado e recheado de lembranças boas, mas acabou, teve um ponto final, não um ponto e vírgula.

Quase um ano depois do fim definitivo vem querendo reviver coisas? Por favor né, sem essa.

Ele teve três anos para fazer declarações e discursos bonitos e nunca fez. Jogou no lixo várias chances e logo agora que é completamente impossível sequer cogitar a hipótese de acontecer algo a mais que um aperto de mãos relutante quer ser o que nunca foi.
Me tira de boba, mas não de burra. Fiquei perplexa e não pude acreditar em tamanha cara de pau. Só não sei ainda se foi coragem ou apenas um momento idiota de fraqueza.


sábado, 12 de maio de 2012

' Ser pai não é questão de apenas contribuir com cromossomos.


Pode parecer duro e implacável, mas é a realidade. Não o considero como pai. Pai tem que dar amor, atenção e não apenas fazer tudo por obrigação.
Não é maldade nem nada do tipo. É só que eu realmente não me importo.
Afinal, se eu ficar completamente desesperada vai melhorar algo? Acho que não.
Pra mim tanto faz a presença ou a ausência dele, só sei que não faz a menor falta.
É difícil perceber que uma pessoa que era pra ser parte de toda uma vida perdeu totalmente a importância, mas depois de quatro anos nessa situação já me acostumei e a dificuldade nem é tão grande, na verdade é até inexistente. Ignorá-lo já se tornou mais fácil e automático do que respirar.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

' Pessoa certa, distância errada.


Tanta gente aqui e eu vou me prender tão longe.
Só o fato de ver uma foto já me faz sorrir muito debilmente por horas e sinceramente não entendo por quê! Por mais que quebre a cabeça, ainda não entendo.
Nunca o vi pessoalmente e muito menos senti seu abraço mas mesmo assim estou aqui ficando maluca por alguém que eu nem conheço de verdade. Saber que ele existe me consolava antigamente, agora não mais.
Sinto a necessidade de um sorriso que não seja apenas em uma tela. Preciso de uma frase dita e não escrita. Preciso de um cheiro que não esteja em um papel. Preciso dele aqui. Rápido.



"Eu queria você aqui comigo". Você falou.
E eu li de novo porque uma parte de mim ainda não acreditou. Como eu queria te ligar só pra ouvir sua voz. Quem sabe assim descobriria, o que existe entre nós.

terça-feira, 8 de maio de 2012

' Querido diário,tudo que vem fácil demais se vai do mesmo jeito.


Dia 1:
" Meeeeu Deus alguém me belisca, acho que estou sonhando! Meu maior sonho de consumo está me dando a maior moral, o que faço agora? Choro ou sorrio? Se estou feliz? Sim ou claro? ahaha"
Dia 2:
 " Na boa, não estou cabendo dentro de mim de tanta felicidade. Isso é normal? Ah, sei lá viu. Se é certo ou não, sei que é o que eu quero e vamos tentar! tão lindo, tão fofo... Nunca poderia imaginar."
Dia 3:
" O que dizer? Nem todas palavras do mundo são capazes de descrever tudo que eu estou sentindo. Foi tão mágico, tão lindo. Perguntas inúteis na minha cabeça dão lugar a sorrisos e explosões de felicidade, bonitas e cheias dos melhores sentimentos. Quando eu disse que algo importante iria acontecer nos meus 17 anos, será que era isso? Se for, eu estou completamente satisfeita."
 Dia 4:
" Primeiro eles dão atenção, ligam, mandam mensagem e são fofos. Isso é tudo parte do plano. Depois que conseguem o que querem, simplesmente somem. Ficam dando desculpas e inventando mentiras. O que eu fiz de errado? Pensei que era especial, mas vejo que na verdade fui fraca e me deixei levar por palavras bonitas. Estava perfeito demais pra ser verdade. Fui só mais uma de tantas e meu erro foi acreditar que valeria a pena tentar mudar alguém inconsertável."

É isso que eu ganho por esperar demais de alguém que não merece nada. E assim, não fácil, mas muito rápido, entra mais uma decepção pra minha coleção.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

' A famosa "omissão pra evitar confusão e decepção"



 Mi Ho: Supõe-se que ele é seu amigo, e ele está mentindo pra você. Por que você não está dizendo nada? Você tem medo dele? Ele está mentindo pra você!
Dae Woong: As vezes é mais fácil para as pessoas não saberem do que saber, e ás vezes é menos humilhante agir como se você não soubesse, mesmo que você saiba.

domingo, 6 de maio de 2012

'Cansei de ser estepe.


Quando eu acho que estou bem, que superei e que esqueci, o filho da puta liga e confunde tudo de novo.
Pior ainda é descobrir que ele ligou assim que terminou o namoro. De novo.
Isso seria uma coisa boa, se ele não fizesse sempre isso. Todas as vezes. Vai e volta como se fosse a coisa mais natural do mundo. E mais idiota sou eu que sempre o aceito de volta.
Ele está acostumado, não liga mais, sabe que a tonta sempre vai estar aqui.
Se pelo menos, fosse uma coisa sem apego emocional, por mim estaria tudo bem. Mas existe sentimento, sempre existiu e ele sabe disso, talvez por isso aproveite tanto assim.
Mas dessa vez vai ser diferente, e não é da boca pra fora, de jeito nenhum. Se ele ainda quiser uma amiga eu estarei aqui, do mesmo jeito, mas se quer se aproveitar de mim, apenas isso, não vai conseguir. Não mais. Já passou da hora do adeus. 
Posso gostar dele, do sorriso, das piadas, da sensação e de todas as outras coisas, mas com certeza me amo mais.

sábado, 5 de maio de 2012

' Posso ver uma luz, lá no fim.


- Me conte o que aconteceu?
- Hã?
- Você não é mais como antes, não tem o mesmo animo, a mesma vontade...
- Ah, acho que isso se chama desanimo.
- Causado ?
- Pela indecisão.
- Em relação?
- Faculdade.
- Oras. Você já não havia decidido isso há um ano?
- Não, só me enganei mesmo rs
- Como assim ? --‘
- Ah, eu estou cansada de estudar, acho que a coragem já me deixou faz tempo.
- Mas se você tem um objetivo, tudo tende a te desanimar por um lado. Cansaço, sempre estará presente, o sono, será seu fiel companheiro, a preguiça, sua melhor amiga. Acredite, sei bem SOBRE o assunto, passei por isso, já passei noites em claro chorando e outras estudando, passei por dias que até fome me faltava. E hoje? Ah, valeu a pena, não só pela minha profissão, mais também pelo que aprendi pelo que vive, por quem sou. Faculdade é outra realidade, não nos torna superior que ninguém, mas que nos torna mais experientes, ah, isso sem duvidas.






sexta-feira, 4 de maio de 2012

' I ♥ Cold



Quando faz frio todo mundo começa a pensar em coisas tristes. É automático.
Nada é bom o suficiente, não dá vontade de se movimentar, a preguiça domina. A carência reina absoluta. O desejo de querer estar com aquela pessoa se multiplica milhões de vezes. Lágrimas começam a sair sem querer, a solidão é mais perceptível e sempre falta algo.
Ser solteiro no frio é uma coisa ruim.
 Mas quem disse que o frio em si é uma coisa ruim? Meu nariz e meus dedos estão gelados, não tenho nenhum namorado pra abraçar, cansei de ver filmes.

Mas e dai? meu moletom é macio, ficar na cama é bom e o conforto do meu quarto está me fazendo pensar muito em coisas que mereciam mais atenção.



(Algumas das) Coisas que amo no frio:
- As pessoas se vestem melhor.
- As comidas são mais gostosas.
- Os abraços são mais fortes e demorados.
- Começamos a reparar mais nas pessoas.
- O sono é mais relaxado.
- Vemos mais filmes.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

' conto os dias para ser domingo, com você!

' Quando eu falo que te amo, é da forma mais linda que existe.
Depois de hoje, você se mostrou ainda mais digno de tanto sentimento.
4 meses, de alguns choros, alguns desentendimentos, mas de muita felicidade!


Lindo, Lindo, Lindo!
Meu, Meu, Meu!
Fernando Condotta s2


quarta-feira, 2 de maio de 2012

' Uma garota pode fazer o que ela quiser e isso é o que eu vou fazer e eu não dou a mínima para a minha má reputação :D


- Você é tão diferente do que eu pensava.
- É? Como assim? (risos)
- Não sei, cada hora você é de um jeito. As vezes te pego vendo futebol ou jogando videogame. Já te vi até argumentando sobre qualidade de Playstation. Isso me fazia pensar que você era muito "machão". Hoje de manhã te vi defender um garoto gay e ficar irritada com discussões sobre religião. Já te vi lendo mangás, você me disse que assiste séries coreanas e não gosta de filmes dublados. Você aprende as coisas sozinha... Bem inteligente. Você ouve de tudo, dança um pouco mal, admito, mas mesmo quando as pessoas riem você ri mais, afinal está só se divertindo. Você come pra caramba, e parece não se importar, faz piada disso. Está sempre sorrindo. Sabe ser muito inconveniente, chata e muito muito muito muito ignorante mesmo quando quer, mas também sabe compreender e dá ótimos conselhos. Aliás, obrigado por todos, viu, foram de muita ajuda. Ah, e você tem muitos amigos homens, mas eu nunca soube de nada "desagradável" sobre você. Você não liga para as coisas absurdas que dizem, as vezes até confirma muito sarcasticamente algo que todo mundo sabe que é impossível. Isso é o máximo. Bom, com tudo isso eu não consigo te definir, você não se encaixa em nenhum dos padrões que eu tenho formados na minha cabeça. Você é... estranha.
- De um jeito bom?
- Sim, de um jeito enigmaticamente bom.

terça-feira, 1 de maio de 2012

' Abstinência

Senti tanto sua falta.
Falta do seu cheiro, da sensação boa que você me causa.
Sempre te observava de longe, mas tinha que resistir a tentação de te ter.
Não era saudável e estava me fazendo mal. Não que você seja ruim, longe disso, é que eu nunca conseguia me controlar e ter só um pouco.
Resisti o máximo possível, mas não consigo mais. Essa vontade está me matando.
Estou aqui, pronta para encarar as consequências dos meus atos. Nesse momento minha sanidade depende de você!
Chocolate, te quiero *-*