-

"Quando você é criança você é tão ingênuo a ponto de achar que ser adulto é uma coisa legal. " (PC Siqueira)

terça-feira, 14 de junho de 2011

' Incerto.


É definitivamente inexplicável o que aconteceu desde o primeiro momento. Foi um impulso, um deslize, que valeu tanto a pena. 
Meu sentimento por você não foi motivado pela beleza exterior, pois eu nem lembrava dela no dia seguinte (rs.), mas sua essência ficou gravada em mim, e ás cegas te procurei até encontrar. Pena que nada é tão fácil como gostaríamos, e esperei muito até que meu sonho se realizasse. Imaginei muito como seria e talvez por imaginar muito esperei demais. 
Tentei achar em outro lugar um caminho que me levasse para longe de você, mas tudo só me fazia lembrar mais, e acabei esquecendo de tentar esquecer. 

# Agora não tem mais jeito, amo até os seus defeitos, não dá pra fugir.

2 comentários:

  1. Ola, belo blog você tem. Parabéns, a sua maneira de escrever é muito interessante. Eu amo ler e escrever e no momento estou escrevendo um blog-book (escrevendo e publicando simultaneamente). Te convido a dar uma passadinha por lá, está bem no início, o quarto capítulo sai amanha 15/06/11. O nome do blog-book é “Illegitimate” e você pode seguir esse meu fantasioso romance pelo POET (Pages Of Erased Text) http://pagesoferasedtext.blogspot.com/
    Novamente, parabéns pelo blog. É ótimo.

    ResponderExcluir

Adoraríamos saber sua opinião. Comente! ♥